quinta-feira, 7 de abril de 2011

Casa Nova # 4

Agora que vou mudar de casa, é incrível a quantidade de pensamentos, sensações e momentos que tenho vivido na minha cabeça sempre que penso nos últimos anos da minha vida.

Foi a casa onde, desde que saí de casa da minha mãe, mais tempo vivi. Parecendo que não foram 7 anos e 5 meses. É dose… Sei que é estupidez, mas parece que estou a deixar para trás uma parte de mim. E assusta um bocado… Um bom bocado. Sempre foi aqui que vivi TANTOS momentos. Bons, maus, divertidos, menos simpáticos, complicados, felizes, tristes…

Por incrível que pareça, ver a casa a ser embalada é algo que me está a afectar mais do que pensei. Muito mais. Mas faz parte do processo.

De qualquer forma estou super feliz (MESMO) com esta mudança. Com este passo em frente. Mas não deixo de pensar muito sobre o passado, sobre o presente e sobre o futuro.

Sabem o que é tudo isto? Falta de ginásio e cinema. Só pode.

Ass: Gattaca

PS – Será que me consegui explicar bem? Neste momento não mudaria nada do que estou a fazer. E se há coisa que quero fazer é ir viver para uma nova casa com o meu namorado e os meus bichos. Que ninguém ouse pensar o contrário.

3 comentários:

iLoveMyShoes disse...

:) percebo-te perfeitamente... apegamo-nos aos sítios com enorme facilidade... :) Pensa que na próxima casa tudo vai ser ainda melhor!

AstroBoy™ disse...

Lembra-te desta coisas muito lamechas: o sitio pode ficar para trás, mas as memórias do que lá viveste e a felicidade que isso te trás é teu para sempre.

Anónimo disse...

Concordo com o rapaz astral.

Quero é saber quando é a festa de inauguração da nova casa. E by the way...fica mais perto de cascais? :)

Beijo e se precisares de carro para ajudar nas mudanças I'm in.

Kiki