segunda-feira, 10 de março de 2008

Fim-de-semana # 18

E pronto… Foi um fim-de-semana inédito por um simples motivo: pela primeira vez, nos últimos 15 anos, fui passar os dois dias a casa do meu pai… De qualquer forma até lá chegar em fiz umas quantas coisas.

Sexta-feira sai da rádio e foi ter com o PM para irmos a uma festa da Moda Lx, na Estufa Fria. A vontade era quase nula e não ficou melhor quando lá cheguei. O som uma porcaria, o DJ nada de especial, o sítio igual ao de sempre. Ainda assim fiquei lá até perto das 03h30. Valeu pela conversa e pelos amigos que encontrei.

Sábado acordo perto das 11h. Estou outra vez numa fase em que não durmo. Assim que faço 6h de sono acordo automaticamente. É a maravilha tecnológica, o meu organismo. Nem preciso daqueles iogurtes para regular a minha flora intestinal... Resta é saber o que é que tem a flora dos intestinos tem a ver com o acordar, mas pronto…

Fico a vegetar até perto do meio-dia. Vou tomar banho e saio da casa para ir comprar uma lâmpada para o aquário e comida para as gatas. Foi o final de 3 semanas na escuridão que os peixes tiveram de viver. Resolvido isto comecei a preparar as coisas para seguir viagem.

Só que antes de seguir caminho, fui participar no GRANDE momento de sábado. Fui participa num Challenge de Combat no Holmes da 5 de Outubro. Basicamente foram 2 horas seguidas de murros e pontapés. 22 ou 23 faixas. E éramos cerca de 40 pessoas, todas fanáticas por Combat. E muitos cromos também. Eu fui com o Dudu. E destas duas horas ficam dois pensamentos:

1ª – O que é que nos leva a participar numa coisa destas? Visto que ficamos completamente podres...

2ª – Porque é que a aula só tinha gente gorda. É que sem sermos nós e mais um ou outro, era tudo gente gordinha.

Certo é que conseguimos acabar a aula, com algum esforço na parte final, como seria de esperar. Pelo meio houve muita água bebida e muita conversa. Terminou tudo com uma valente banhoca, turco e um lanche muito simpático (que também fazia parte do pacote). Eu que até então só tinha comido uma taça de cereais, uma banana e dois cafés, estava esganado de fome. Não conseguia parar. A sorte é que não era o único e a coisa ficou disfarçada.
Giro, giro foi ver a malta toda da aula de banho tomado e completamente morta nos sofás…

Regresso a casa para preparar a segunda parte do fim-de-semana: ir para casa do meu pai. Resolvi fazer isso porque estava a precisar de mudar de ares, sair daqui. Tentar organizar ideias, arrumar a minha cabeça, tentar não pensar muito, sair da minha rotina, ver outras cores, sentir outros cheiros… Isto tudo porque o meu pai mora no meio do campo. Depois coloco aqui uma foto da vista.

Chego a casa dele perto das 20h30.

E que fiz eu a partir de então e até segunda-feira às 10h30? Comi, dormi e vi filmes. No total acho que foram vistos 8. A maioria deles com a companhia da minha madrasta. De resto aquela família vive para comer. Portanto acordamos: pequeno-almoço. Tomamos banho: almoço. Vemos um filme: lanche. Vemos outro filme: jantar. Vemos outro filme: ceia. LOL… É que foi mesmo isto. E sabem que mais? Soube muito bem...

Hoje acordei. Vim para Lisboa e directo para o ginásio. Aula de Combat e Jump. Certo é que logo no primeiro murro que dei, fiquei cheio de dores. Agora sim dói-me tudo porque causa da aula de sábado.

Agora vamos ver se as gatas me vão falar quando chegar a casa. Normalmente tratam-me mal. Do tipo: não me falam, não me olham e deitam-se viradas de costas para mim. De rir.

Ass: Gattaca

Sem comentários: