segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Jantar em vermelho

Sábado da semana passada a cor era o azul. No jantar deste sábado foi o vermelho:

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Desta vez as pessoas não foram obrigadas a vir vestidas de vermelho, mas eu curiosamente acabei por vestir uma t-shirt dessa cor.

Como já aqui tinha escrito este foi o jantar de aniversário de segunda oportunidade para os faltosos ao primeiro. Além disso foi também o retomar de uma tradição, que nos últimos 3 meses esteve parada: o jantar do bichedo. Como o próprio nome indica é um jantar onde hetero não entra e só há lugar para quem tem as ideias bem arrumadas quanto a este assunto. Esse gay e ponto final. O núcleo duro e fundador deste ritual é constituído por 5 pessoas. Desta vez foram convidados mais 4 elementos. Somando dá 9 pessoas. Viva a matemática. Por isso teve de ser jantar volante.

Não sendo um gajo que goste de guetos, e sou totalmente contra eles e qualquer opinião ou atitude fundamentalista, gosto bastante destes nossos jantares. Fazem bem à alma. Fala-se de tudo sem qualquer problema ou inibição. Parece que por certas cartas já estarem colocadas na mesa já se podem fazer jogadas mais elevadas e diferentes. E a diversão e boa disposição é sempre uma constante.

Começou às 21h. Acabou poucos minutos depois das 04h. O sucesso de sempre. E vivam os cosmopolitans e o mojitos do Dudu. As quiches do Fred. Os meus serviços e toalhas de mesa. O iPod do PM. Os cigarros franceses do Xlr8. As regras de etiqueta do Sá.

Diz também que houve direito a dança, a música, muito disparate, pipocas no chão, inúmeras conversas na cozinha e muitos brindes. Alias, vim a descobrir que já conhecido como o gajo dos brindes. A fama já me precede.

E pela primeira vez: nem uma única nódoa na toalha. YES!!! Conseguimos!

E a palavra da noite: Cona... Isso mesmo. À pala do Cócó estivemos horas a dizer disparates em torno desta linda palavra.

A todos os meus amigos deste e do outro jantar, um brinde de muito obrigado.

E os 33 anos começaram mesmo muito bem... Espero que continue. Estou a trabalhar para isso.


Ass: Gattaca

PS – E conforme fui escrevendo este texto lembrei-me de que os jantares do bichedo já fizeram 1 ano de idade. Parabéns... E que venham muitos mais.

Sem comentários: