quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Dormir...

AAAAIIIII… Sabem o que vos digo? Cocó para isto tudo…

Terça-feira à noite chego a casa esfomeado. Um daqueles ataques de fome que costumo ter. Resultado: 3 tostas de carnes frias. Deito-me todo contente e satisfeito.

Quarta-feira. Acordo cheio de dores de barriga. Mesmo… Cheio de frio, arrepios, dores de cabeça, dores de barriga e caganeira… Isso é que foi… A verdadeira alegria… Arrependo-me logo das 3 tostas. As carnes só podiam estar estragadas (e atenção aos trocadilhos).

Chego à rádio por volta das 16h e as coisas começam a piorar… Fui para uma formação de Gmedia. A alegria. Tive de sair 2 vezes da sala. A loucura. Começo a ficar pior pior pior… Às 22h30 finalmente consigo ir para casa.

Milagrosamente consigo estacionar à primeira. Vou para casa e morro no sofá. Acordo perto da 01 e arrasto-me para a cama. Desligo os telemóveis todos, fecho as janelas e adormeço.

Acordei hoje pensando que fossem tipo 11h. Vou à cozinha e faltam 10 minutos para as quatro da tarde. PÂNICO!!! Entro na rádio às 16h30!!
Só que o mais estranho foi o primeiro impacto com o relógio. Ele é com ponteiros e não com dígitos. E penso: “mas espera lá. São 3 da manhã? Mas vem luz da janela…. Queres ver que o relógio avariou? Ficou sem pilhas? Não podem ser 4 da tarde”. E eram mesmo…

Portanto pela primeira vez na vida acho que dormi mais de 15h e acordei na maior sem dores de cabeça nem nada. É que quando durmo mais de 8h acordo resmungão, com dores de cabeça e irritado.

Ass: Gattaca

Sem comentários: