sexta-feira, 20 de julho de 2007

A Praia # 4

E consegui ir à praia!!! Aconteceu este sábado. Parecia um totó… Estava completamente eufórico com o meu primeiro dia de praia de 2007. Em anos anteriores por esta altura já lá tinha ido mais de 50 mil vezes. Este não. Até nisto tem sido um ano fodido… De qualquer forma não me quero esticar muito com isto…

Como não podia deixar de ser Meco foi o destino. O areal do costume.

Sol, sol
Andar, andar
Procurar lugar, procurar lugar
Falar, falar
Pó, pó
Cartas, cartas
Mergulhos, mergulhos
Cremes, cremes
Fruta, fruta
Sandes, sandes
Toalhas, toalhas
Deitado, deitado,
Música, música
Rir, rir
Menina da areia, menina da areia

Perto das 20h… “Vamos embora para arranjar mesa no restaurante”. Desarmar a tenda…

Restaurante… Infelizmente não havia lugar na esplanada, MAS EU QUERI A SANGRIA DAQUELE SITIO…E lá ficámos…

Tudo isto para chegar ao seguinte:
Com o cair da noite apercebi-me das saudades que tinha de ficar a olhar para aquele céu estrelado. Aquele céu… De sentir aquele fresquinho húmido. De cheirar aqueles odores.
Lembrei-me dos dois últimos anos em que tive a grande sorte de conseguir passar uns dias no Meco. Onde à noite, sozinho, passava largos minutos a olhar para o céu e a ouvir música. Lembro-me muito bem de uns minutos passados em Julho de 2005… Vários copos de Vodka tónico, Abba no leitor de CDs, calor, um céu super estrelado e eu a olhar para ele. Nesses minutos fui muito feliz…
Em 2007 soube-me muito bem recordar esse momento…

Ass: Gattaca

PS – Senti também um aperto grande no peito por este ano não conseguir uns dias como aqueles. De não conseguir tempo para olhar para um céu daqueles… E cheguei, mais uma vez, à conclusão: QUERO UMA CASA NO MECO!!!!

Sem comentários: