segunda-feira, 17 de julho de 2006

Amigos, Calor, Música, Comida, Areia, Água, Sol, Ginásio, Noite...

Mais um fim-de-semana que passa. E este marcado, como todos se queixam por aí, por um calor insuportável. E cá vai o resumo:

Sexta-feira à noite saio da rádio e vou ao cinema sozinho ver a animação da Dreamworks “Pular a Cerca”. Não sei se foi do sono e da minha irritação/tristeza (mais uma vez o meu namorado não veio ter comigo e sem qualquer explicação plausível) mas não achei grande piada ao filme. Tem bons momentos e a animação está fabulosa, mas faltou-lhe qualquer coisa…

Quando estou a ir para casa, a tribo telefona-me para ir ter com eles ao Bairro pois estavam todos num bar que abriu recentemente. Chama-se “Rua”. Gostei. Boa onda, pessoal simpático, pequeno, bem decorado e com bebidas baratas. Fica na Rua da Barroca. Nessa noite também devia ter passado pelo Incógnito (um dos meus exs ia ser DJ nessa noite), mas não consegui lá ir.

Chego a casa, deito-me e tento dormir. Depois de várias voltas na cama lá adormeço mas passado alguma horas acordo. Era 12h20. TARDE!!! Perdi a aula de Attack que tinha começado 10 minutos antes. Não sei como isto aconteceu, mas certo é que jurava que tinha colocado os dois telemóveis para tocarem às 11h.

De qualquer forma calmamente tento acordar e preparar-me para ir para o Meco. PRAIA!!!!! Depois das peripécias habituais chego à casa alugada pela Mipo. Agarro nela e PRAIA!!!! Meus amigos: simplesmente genial. Estava tudo perfeito. Só foi pena a praia estar com pessoas a mais. Mas o que queria eu? Com um calor daqueles!

Perto das 18h o Jota (o gajo com quem ando. E sim, está na altura de tal ser assumido aqui no Clube e começar a dar nomes às coisas, sem medos) chega à praia. Começamos a jogar às cartas. Perto das 21 (ainda o jogo não tinha acabado) decidimos ir jantar. Fomos ao “Carlos”. Má ideia… Aquilo estava impossível. Ficamos numa mesa muita má. Certo é que devido às más energias e confusões, começo a ficar irritado. E depois a Mipo. Aparentemente apenas o Jota ficou calmo. Certo é que o ambiente estava tão mau, que a determinado momento tive de sair da mesa para ir arejar a cabeça. De qualquer forma a cereja no topo do bolo foi o isqueiro desaparecido da Mipo. Um filme.

Certo é que ainda assim conseguimos dar a volta e o jantar acabou por ser muito porreiro e ainda me diverti. Sol de pouca dura. Perto das 02h o Jota foi para casa dele (quando supostamente tinha ficado combinado ir dormir à minha – coisa que no último mês apenas aconteceu 1 vez). Ele supostamente estava com uma gastroentrite (e já vão entender o porquê do supostamente), só que decidiu comer uma cataplana. Dá para imaginar o resultado certo?
Eu fico no Meco porque tinha prometido a uma amiga ir ter com ela a um bar lá perto. Assim foi, não sem antes ter perguntado diversas vezes se o Jota precisava de ajuda ou companhia.

Perto das 03 e qualquer coisa estava a ir a caminho de casa, onde chego por volta das 4h. Isto não sem antes ter tido uma discussão ao telefone. Imaginem com quem?

Passando à frente, deito-me às 05h. Para mal dos meus pecados às 10h já estava acordado. Sério. Não consegui dormir mais. E ando podre de sono. Até faz impressão. E assim me levanto, arrumo a roupa, faço uma máquina de roupa, faço uma máquina de louça, arrumo a cozinha, arrumo uns papéis. Com tudo isto são 11h40. Estava na hora de rumar ao ginásio para ir a Combat. A esta não faltei.

Depois do ginásio ligo ao PM para irmos para a praia. Desta vez íamos para mais perto porque à noite tínhamos o jantar de aniversário do XLR8. O Jota também foi convidado para participar neste programa mas não alinhou.

Vou buscar o PM a casa, vamos ao Modelo comprar comida, vamos ao extra beber café e lá seguimos para a praia da Nato (na Costa).

Carro estacionado, caminhada de cerca de 15 minutos, areia, água: praia. Finalmente consegui fazer nudismo. Realmente é muito bom, embora continue a achar que esteticamente é algo muito feio. Horrível mesmo. Mas a sensação é muito boa e sempre ficamos sem as horríveis marcas dos fatos de banho. Eu de qualquer forma estou tão castanho que acho que já não vou conseguir “apagar” a marca, embora já me tenha lembrado de comprar um autobronzeador para ver se funciona. Estou a pensar no caso!

Perto das 19h vamos para a Praia da Cabana do Pescador, não sem antes ligar umas 500 vezes para a Carla para tentar perceber onde era o jantar e onde era a praia. O jantar estava marcado para 20h mas a essa hora o aniversariante ainda não tinha chegado. Ainda deu para vestir o fato de banho e dar novo mergulho. Meus amigos às 20h a água estava uma maravilha.

Depois jantar. Muita sangria branca, ameixoas cheias de areia e bifes de atum para todos. Foi um momento simpático. Perto das 22h30 todos para um bar na Praia de São João (Trafaria). Foi um filme irreal até lá chegar. Só sei que às tantas estava metido no meio de um parque de estacionamento. A nossa sorte é que estávamos no sítio errado. Não estão a ver o que são 5 carros carregados de gays no meio de um parque de campismo suburbano cheio de gente feia e horrível. Enfim. Um filme.

A meio do jantar recebi uma sms do Jota a dizer que estava no Hospital da Cuf e ia ser ficar internado nessa noite para fazer análises. Isto porque não se estava a sentir melhor e quando passou a tarde toda com o irmão esteve constantemente a vomitar. Como devem imaginar fiquei muito animado mas não podia fazer nada porque ele estava acompanhado pelos pais e por isso não podia aparecer. Fica aqui a indicação que ninguém sabe que o Jota é homossexual. Ou melhor sabem 3 ou 4 pessoas (que obviamente não inclui a família). E curiosamente mesmo dessas 3 ou 4 pessoas apenas 2 sabem da minha existência, o que me dá imenso espaço de manobra.

Regressando ao bar. Era noite com DJ Al. Fiquei lá até à 01h e qualquer coisa. Às duas já estava deitado a tentar dormir com a cabeça à mil à hora.

Não fossem as “coisas” com o Jota terem corrido tão mal e tinha sido um fim-de-semana impecável. Mas que se pode fazer?!

Ass. Gattaca

PS – Entretanto as análises ao Jota indicaram que ele está com uma intoxicação alimentar por causa de salmonelas! Será isto?

Sem comentários: