quarta-feira, 26 de abril de 2006

O jantar de Domingo

Segundo a primeira página do “24 Horas” de dia 25 de Abril, acho que sou pré-testemunha de um pré-caso de violência conjugal…

Lê-se: “Nuno Melo e a mulher andaram à tareia e a facada”

Pois lá fui eu ler a notícia. E confirma-se. Eles estiveram no mesmo restaurante que eu. No passado domingo fui jantar ao indiano no Bairro Alto com o JP, Ray, Gazuza e su muchacho e mi muchacho também.

Eu gosto bastante do Calcutá, mas nessa noite tornou-se numa péssima escolha. Tudo porque mais de 70% das mesas do restaurante estavam ocupadas com a festa de aniversário de alguém ligado ao teatro. Pois foi ver um desfile de caras conhecidas durante a noite toda (para delírio do Gazuza que diz que nunca vê caras conhecidas).
E foi uma péssima escolha porquê? Porque se eu sou barulhento, eles eram muito mais. E estiveram a noite toda aos gritos. A gritaria era tanta que eu ainda conseguir gritar para o empregado que ele era muito feio e muito burro. E ele não percebeu. E gritei a bom som… LOLOL..

Às tantas lá entra o Nuno Melo com uma senhora (que pelas fotos do jornal percebi que era a namorada dele). Passados alguns minutos eles saíram. Passados mais alguns minutos lá entraram eles outra vez. E nessa entrada o actor vinha furioso e só dizia que se ia embora e que não estava com paciência para ali estar. Acho que era devido à presença de algum dos convidados. E depois voltou a sair… E depois voltou a entrar… Uma canseira. Pelos vistos depois andaram à pancada os dois…

E pronto é só mesmo isto… LOL.. Acham que devo ir à polícia? Acham que devo ganhar juízo?

Quando ao jantar foi super divertido e descontraído. Foi bom estar com os meus amigos e o gajo de quem gosto sem stresses ou problemas.

Outra conclusão da noite: definitivamente sou um grande fã do Nan. Ele é nan simples, ele é nan com alho, ele é nan com queijo. ADORO NAN!! E VINHO TAMBÉM!

Ass: Gattaca

Sem comentários: