sexta-feira, 9 de dezembro de 2005

Vamos andando..

Sei que tenho andando muito calado aqui no clube. Sei que tenho falado pouco do que me vai pela cabeça, mas é algo que acontece sempre que fico preocupado ou não estou muito bem. Muito sinceramente não sei explicar muito bem o porquê desta situação.

Tenho passado a maioria dos dias entre o call-center e a rádio.
No call-center já me mudaram as folgas. Felizmente agora descanso aos domingos e as segundas. Para mim não são as folgas ideais (preferia sextas e sábados), mas sempre me possibilita sair aos sábados à noite, algo que ainda não consegui fazer. LOL. De qualquer forma durante este mês estou a trabalhar mais hora, ou seja, entro às 10 e saio às 16h30.
Na rádio tudo na mesma, embora tenho vivido uma situação menos simpática com uma colega, mas que (aparentemente) já está resolvida. De resto continuamos todos a aguardar por novos episódios.

Ando cansado. Muito. Por isso me tenho isolado um pouco. Por isso me tenho “desleixado” um pouco com os meus amigos. Ainda assim tento compensar essa situação ligando a todos eles sempre que posso. Só que estou novamente numa fase em que preciso de pensar no que quero fazer. Muito. De qualquer forma estou a fazer tudo por tudo para não me ir abaixo. Não tenho paciência para isso.

Em termos sentimentais estou bastante confuso. Muito mesmo. Não sei por onde sair, nem o que fazer. Só me apetece atirar tudo ao ar e esquecer tudo. Só que desta vez vou enfrentar o touro de frente. Se sangrar, paciência.

Em termos familiares as coisas já estão novamente a descarrilar. A minha mãe teve um acidente de carro. Ela ficou bem, mas o carro sucata. Logo é mais uma preocupação para mim: como lhe arranjar um carro. Agora cada vez que precisa de alguma coisa sou eu que tenho de tratar, visto mais ninguém naquela casa ter carro ou carta. Tenho de inventar aqui um esquema qualquer para resolver isto

Entretanto o meu sobrinho também viveu um episódio complicado que me revoltou bastante. Só que prefiro nao falar disso. Só não consigo compreender como existem pessoas capazes de certos actos. Não podem ser humanos... Têm de ser animais!

No meio disto tudo o café que a minha irmã abriu vai ter de fechar. Complicações. Certo é que ficou um empréstimo para pagar...

Enfim... São uma série de situações que estou a tentar que não me abalem, mas não sei se vou conseguir.

No meio de tudo isto tenho uma GRANDE problema para resolver... E deste também não quero falar. Envolve terceiros e tenho medo de dizer algo que não deva... O pior é que estou novamente a perder o controle de tudo!

“Oh blá di, Oh blá dá... Life goes on...”

Ass: Gattaca

Sem comentários: