segunda-feira, 25 de julho de 2005

desabafos...

às vezes deixo de acreditar que há justiça karmica. comigo joga-se na boa onda, até que encaro a realidade... e das duas uma: ou fico chateada e deprimida ou reajo em fúria. desta vez estou sem vontade de mexer um dedo, quando habitualmente teria vontade de espancar alguém.
como é que eu arredondo este assunto que me apoquenta sem concretizar factos que possam ferir susceptibilidades que por mero acaso (e muito azar meu) possam eventualmente acabar por me atacar em ricochete? é complicado.
eu questiono-me diariamente sobre isto, em vários campos da vida....
como é que pessoas sem qualquer mérito podem por em causa as capacidades dos outros? pessoas que provam diariamente a incapacidade para ter responsabilidade.
E como é que estas pessoas se safam sem qualquer nódoa negra? sempre ilesas.
Isto não é mania da perseguição. de todo, longe de mim. Há pessoas à minha volta que sofrem o mesmo que eu, ou pior, só "porque sim", porque alguém acordou mal-disposto e hoje decidiu que ia humilhar outro alguém.
eu comprometo-me sempre a fazer o melhor, tentando que toda a gente se sinta bem com o que faz.
já passei a minha travessia no deserto. já tive tempo para ir e voltar... e parece que estou de partida outra vez. porque é que não chega a vez dos outros? aqueles que atropelam qualquer coisa ou qualquer um para seguir em frente? aqueles que desde sempre se safaram com a miséria dos outros? ou à custa de outros?
e quando é que os que estão na mó de baixo, passam para a mó de cima?
I've already learned my lesson...

Beijos
Ziggy

Sem comentários: