quarta-feira, 29 de junho de 2005

Devaneios poéticos # 17

“Cada cavadela sua minhoca, uma verdade universal que por vezes nos faz pensar que a vida também pode ser assim... Cavada!”

Ass: Gattaca

Sem comentários: