sexta-feira, 1 de abril de 2005

A noite de ontem...

Foram horas especiais...

O mote era simples: na noite de ontem o nosso amigo DJ Al ia passar música no Frágil. Como se devem lembrar, foi este senhor que colocou música na minha fabulosa passagem de ano no Algarve. E como também sabem, para mim o Frágil é dos melhores bares/discoteca da Lisboa. Temos sempre de excluir a noite de sábado, em que o Frágil fica completamente cheio...

Regressando à noite de ontem.... Ao contrário do previsto apenas me consegui despachar da rádio já passava da 00h45. Ainda tinha de passar por casa do Xlr8 e passar por Santos. Estava também a ficar atrasado para o meu encontro com o Je_Bois que estava sozinho nas ruas do pecado. Não que o moço se perdesse... Começava a ver o tempo a ficar muito apertado. Lá fui eu a acelerar violentamente para ganhar tempo... E passados 20 minutos estava no Bairro a tentar estacionar o carro. A noite estava concorrida. Mas lá fui eu para a minha rua secreta e consigo estacionar o carro.

Mais 10 minutos e estamos no Portas Largas onde estava a C. e a I. mais alguns amigos delas. Beijinho, beijinho. Abraço, festinhas, cumprimentos e todos para o Frágil. Esta reunido a tribo da passagem de ano...

E quem já estava lá dentro a bailar com um copo na mão? O nosso Je_Bois!!! Sorriso de orelha a orelha e com duas ou três palavras matamos as saudades... Estava no momento da distribuição dos presentes.

Foram momentos muito bons!!! Mesmo. Estava com alguns dos meus amigos e estava-os a ver felizes. Todos a dançar, a rir e divertirem-se. Não imaginam o que gosto de ver as pessoas felizes! Eu e o Je_Bois ainda tentamos falar de coisas sérias, mas decidimos adiar para o fim-de-semana. A noite queria-se divertida e festiva. E assim foi até ao fim do horário normal de funcionamento. O DJ estava simplesmente genial...

Pela primeira vez subi à cabine do DJ no Frágil. A vista é bem gira e descobri que existe uma pequena janela que dá para a rua e que se pode ver quem passa.

E eis que são 04h10. A música pára e as pessoas têm de sair. Fica apenas o nosso grupo. Passados alguns instantes aparece um dos donos do espaço para falar com o Al e convida o grupo a ficar mais um bocado. Assim foi até passar das 05h30. Boa conversa, muito boa companhia, bom som... Foi conhecer um outro Frágil...

Eram 06h30 e estava a chegar a casa. Sem sono. Só consegui adormecer perto das 08h. O ginásio ficou esquecido. Assim como muitas outras coisas.

Hoje acordei pensativo... Com medo... Com dúvidas. Só que já percebi que os próximos tempos vão ser assim. E terei de me agarrar a momentos como os que vivi na noite de ontem para sobreviver.


Ass: Gattaca

PS – Tenho fotos desta noite, mas para as colocar aqui primeiro tenho-me de encontrar com a Ziggy, para mais uma vez trocar-mos de cartões...

Sem comentários: