quinta-feira, 14 de abril de 2005

Devaneios poéticos # 7

“Numa altura em que as palavras vão perdendo o seu valor numa ditadura das imagens... Vale a pena lembrar que um peido é sempre um peido!”

Ass: Gattaca

Sem comentários: