segunda-feira, 14 de março de 2005

Fui...

É o regresso... Realmente aqui no emprego o ambiente é para lá de negativo. Este edifício está cheio de energias negativas. Só espero ter forças para aguentar isto.

Quanto às minhas férias, não há muito mais a contar. Os meus últimos dias têm sido muito pouco movimentados. Tudo muito calmo.

Estive no Porto até Quarta-feira. Fui todos os dias ao cinema. Fui também muito ao ginásio. Fui à psicóloga. Fui almoçar com o meu pai. Fui almoçar com a minha mãe. Fiquei em casa. Fumei cigarros franceses. Bebi vodka. Fui ao Baliza e ao Frágil. Ouvi boa música. Arrumei a casa. Fiz uma selecção dos CDs que tinha em casa e queria despachar. Pensei muito e em muitas coisas. Fiquei até tarde na cama. Andei no metro do Porto. Pensei na vida. Fui comprar comida para ter em casa. Fui conhecer o Lusitano (no Porto). Andei de Alfa. Dancei. Chorei muito. Ri algumas vezes. Conversei bastante. Passei alguns dias sozinho. Olhei o sol. Senti o vento. Respirei.

Acho que não há muito mais a contar...

De qualquer forma estes dias de férias souberam-me muito bem. Precisei mesmo de parar. Adorei estar no Porto. Fez-me muito bem!!! Tenho pessoas muito especiais nesta cidade e que tenho a sorte de fazerem parte da minha vida. E realmente os amigos, não são tudo, mas são grande parte da nossa felicidade.

De resto continuo super baralho e revoltado com tanta coisa. Já percebi que não posso fazer nada para alterar isto. É uma fase. E realmente terei de me tornar num gajo mais frio para conseguir sobreviver a tudo isto. Hei-de conseguir!

Ass: Gattaca

PS - Ziggy, obrigado por teres ido tomar conta das gatitas!!!

Sem comentários: