quarta-feira, 5 de janeiro de 2005

“Trick”

O mote...

“A trash-talking drag queen, an estranged couple, a horny roommate, and a résumé-wielding actress - these are a few of the people complicating matters for two young men desperately searching for a place to be alone in Jim Fall's bright romantic comedy. Trick affirms the possibility of love in the most unlikely of circumstances as it follows its two appealing heroes on their perambulations through the gay demimonde of downtown Manhattan”.

O cartaz...



O casal...







Quem consegue resistir a estas caras?? Eu não... Os actores são Christian Campbell (irmão da Neve Campbell) e John Paul Pitoc

E agora, a sequência no quarto...









Na discoteca...



E pronto, fiquei fã deste senhor...

Se quiserem saber mais do JP Pitoc (ou verem mais fotos) descobri imensos sites... Realmente é um mundo... www.bigbone.de/pitoc/ e www.jppitoc.com são os mais interessantes!

E como é que me cruzei com “Trick”?
Na passada segunda-feira ainda estava a recuperar dos excessos da passagem de ano e não fui trabalhar para a rádio. Saí da revista e fui directo para casa. Fiquei horas sentado no sofá a fazer zapping. Nada jeito!!! Levantei-me e fui arrumar os enfeites de Natal e colocar a sala no seu formato original. Realmente saudades do Natal de 2004 não vou ter.
Depois estender roupa, arrumar umas coisitas, chorar um bocado, telefonar a uma ou duas pessoas, ir ao extra comprar comida para jantar e limpar o areão das gatas, voltei a sentar-me em frente à televisão. Novo zapping! Isto já seriam perto das 23h...

Quando passo pela Sic Radical está a dar um filme que me chama a atenção pelo bom aspecto dos dois actores principais. Estavam num quarto a conversar com uma amiga (papel desempenhado por Tori Spelling – uma das senhoras do “Beverly Hill 90210”). Fiquei colado a ver o resto do filme...

Não sabia nada de nada do que estava a ver. Pensava que era um filme da década de 80, mas vim a descobrir que foi filmado em 1999. Se fosse dos anos 80 era bom, mas filmado em 1999 não faz muito sentido.
De qualquer forma gostei da ingenuidade da história, da imagem, de ver novamente Nova Iorque, dos desempenhos, das personagens, do argumento fraquito e com alguns clichés gays e de algumas situações. Fez-me viajar aos dias em que ia a Londres às secções gays da Virgin e HMV ver os filmes e documentários que lá haviam... E não, não eram pornos.. Fiquei com uma colecção interessante, que entretanto foi divida quando me separei do primeiro N. Enfim...

Podem não acreditar, mas foi graças a “Trick” que consegui dar a volta e acreditar um pouco mais no futuro... Pena é o filme ser tão mauzinho. Mas eu gostei!


Ass: Gattaca


PS – O site oficial... www.finelinefeatures.com/sites/trick/

Sem comentários: