quinta-feira, 30 de setembro de 2004

Hoje...

... não me apetece. Estou cansada.
Alguém quer fazer o favor de me mandar um texto engraçado para conseguir alegrar este clube ressacado?

Beijos
Ziggy

quarta-feira, 29 de setembro de 2004

6

Meia Lisboa estava ontem no Lux. Outra meia ficou em casa, tendo por isso oferecido os seus convites a um quarto de pessoas que queria ir e que se juntou à meia Lisboa que já lá estava. Outro quarto ficou à porta. Todos juntos comemorámos os 6 anos do Lux.
A noite começou muito cedo para gerir mais facilmente os beijinhos e abraços que íamos dar, as horas que iamos passar no bar à espera da célebre bebida à pala (aqui, obrigada ao Pedro que me forneceu todas a vodkas que bebi... nem as contei!!) e também os nossos própositos: dançar e divertirmo-nos.
Lá estava o gang do Bairro completo, praticamente clean e supé-fashion, embora disperso pelos andares do Lux, mas SMSsando-se para ir contando as novidades.

Ontem rimo-nos, muito!
Ontem gozámos, muito!
Ontem dançámos, muito!
Ontem bebemos, MUITO! (eu nem tanto!)

Ontem dissemos mal da roupa dos outros, porque a nossa era a mais gira!
Ontem dissemos mal do penteado dos outros, porque estava fora de moda!
Ontem dissemos mal da vida, porque nem tudo nos corre bem!

Ontem encontrámos gente conhecida, por isso recapitulámos toda a nossa história.
Ontem encontrámos gente desconhecida, por isso contámos parte da nossa história.

Ontem tentámos abrir um chupa-chupa com um isqueiro... acharam que íamos fritar o chupa, mas ficou intacto!
Ontem fizémo-nos de parvos, mas de parvos não temos mesmo nada!

Ontem encontrei o meu dentista, que ralhou com a minha pastilha elástica e ignorou o cigarro e o copo de vodka!
Ontem encontrei gente da TV, que gente mais manhosa e depravada que se oferece em qualquer esquina... blhac!
Ontem encontrei gente da música, que é malta porreira!

Ontem (ontem?! hoje!) cheguei a casa com os pés encharcados em vodka que se tinha espalhado no chão, não fosse a noite ter sido regada por um bar aberto.

E assim foi... Zoloft Cake foi o primeiro a desistir, dado que tinha de se levantar cedo; eu desisti a meio, porque tinha de me levantar cedo; o Mindtrap desistiu comigo; o DouDou ficou e o Johnny Storm desapareceu com o estômago embebido em 14 vodkas; Gattaca não compareceu, por estar de férias.

Beijos
Ziggy com sono!

terça-feira, 28 de setembro de 2004

Parabéns Lux!

Hoje o Lux faz 6 anos!
Bolas, 6 anos! É muito ano... Hoje o Lux dá-nos uma festa com bar aberto. Hoje é mais uma noite de loucuras, de free style, na qual o gang do Bairro, assim nos chamo, vai esquecer as tristezas e fazer disparates (saudáveis!), viver como se este fosse o último dia ou, melhor, a última noite!
Se o céu estiver limpo, como esteve ontem, podemos deitar-nos no terraço e olhar a lua, enquanto bebemos um copo aos anos de vida do Lux... os passados e os que aí vêm!

Vamos cumprir a promessa que fizemos na Retro Refresh Session: ir a mais festas juntos.

Vamos fashion, mas perderemos o glamour com o calor.
Vamos pensativos, mas deixaremos os problemas no bengaleiro.

Vamos preparados para dar beijos e abraços, não queremos inimizades neste dia.
Vamos preparados para uma noite longa, não vamos querer acordar cedo amanhã.

Vamos brindar ao Lux ainda no dia 28, por mais anos de vida.
Vamos brindar ao DouDou já no dia 29, por mais anos de vida.
Teremos sempre motivo para festejar!

Vamos!

Beijos
Ziggy



segunda-feira, 27 de setembro de 2004

Enquanto tiro fotocópias.... penso em ti

"Ai Se Ele Cai", dos Xutos & Pontapés.
Hoje lembrei-me de vos falar desta música... embora não esteja a rodar, porque roda vezes sem fim na rádio e na televisão.
Tenho todo o respeito por esta banda que tem uma digníssima e louvável carreira de 25 anos. Os Xutos assinam alguns dos maiores êxitos da música portuguesa. Mas chegamos a um ponto em que a banda tem duas hipóteses: ou se retira, para não fazer figuras tristes, ou analisa muito bem o material que vai editar, arriscando-se a deitar cá para fora coisas como o belo exemplar "Ai Se Ele Cai".

Reza um verso desta canção: Vou tirando fotocópias/E vou pensando em ti/Vou adivinhando/Todos desejos/E todos os beijos/Que temos para trocar.

Querem fazer de nós parvos?
Mas quem se lembra de tirar fotocópias e pensar no que quer que seja? Muito menos em amor/caras-metades/caso de ontem à noite...
Isto é sinónimo de: o trabalho é desinteressante; tu não te interessas pelo teu trabalho; a máquina de fotocópias é lenta e necessita de ser trocada com toda a urgência.

Por amor dos deuses, cultivem-nos, dêem-nos frases bonitas para sussurrarmos ao ouvido de quem gostamos... mas não esta!
Em termos práticos seria assim:
Eu pego no telemóvel e vou telefonar à minha cara metade (que não tenho, mas hei-de ter!) ou ao caso de ontem à noite (que não tive, mas podia ter) ou simplemente a um amigo especial e teclo a seguinte mensagem:
"amor, hoje quando estava a tirar fotocópias pensei em ti"... o que é que iam pensar do outro lado? Que eu era loura, com certeza, e que tinha pintado o cabelo de castanho para disfarçar.

DUH!!!!!

Já agora aqui ficam mais algumas frases que me lembrei que seriam adequadas, neste contexto, para mandar aos nossos amores/caras metades/casos de ontem à noite/amigos especiais:
hoje quando ia a atravessar a rua e vi uma carroça conduzida por um burro, pensei em ti; (ai esta até tinha a quem dedicar.... ahahah)
hoje enquanto esperava pela minha vez no WC, pensei em ti;
hoje passei na mercearia, vi um cesto de pêras e pensei em ti; (que estavas mesmo a merecer!)

Usem e abusem das frases se quiserem.

Beijos
Ziggy

PS: Anda uma mãe a criar filhos para isto... tirar fotocópias e pensar num gajo (ou gaja) qualquer!
PS2: Gattaca tem dado notícias... e as férias correm bem!
PS3: Falando de pensamentos, um pensamento especial para o nosso amigo DouDou, que hoje não se está a sentir muito bem!

domingo, 26 de setembro de 2004

Ouvi Dizer

Nunca vos tinha cantado esta...

A rodar esta noite, tão mal-disposta:

Ouvi dizer, Ornatos Violeta

Ouvi dizer que o nosso amor acabou
Pois eu não tive a noção do seu fim
Pelo que eu já tentei
Eu não vou vê-lo em mim
Se eu não tive a noção de ver nascer um homem
E ao que eu vejo
Tudo foi para ti
Uma estúpida canção que só eu ouvi
E eu fiquei com tanto para dar
E agora
Não vais achar nada bem
Que eu pague a conta em raiva

E pudesse eu pagar de outra forma

Ouvi dizer que o mundo acaba amanhã
E eu tinha tantos planos pra depois
Fui eu quem virou as páginas
Na pressa de chegar até nós
Sem tirar das palavras seu cruel sentido
Sobre a razão estar cega
Resta-me apenas uma razão
Um dia vais ser tu
E um homem como tu
Como eu não fui
Um dia vou-te ouvir dizer

E pudesse eu pagar de outra forma
Sei que um dia vais dizer
E pudesse eu pagar de outra forma

A cidade está deserta
E alguém escreveu o teu nome em toda a parte
Nas casas, nos carros, nas pontes, nas ruas
Em todo o lado essa palavra
Repetida ao expoente da loucura
Ora amarga! ora doce
Pra nos lembrar que o amor é uma doença
Quando nele julgamos ver a nossa cura

Bjs
Ziggy

sexta-feira, 24 de setembro de 2004

Hollywood dos pequeninos!

Lá por sermos baixotes não quer dizer que não consigamos chegar aos mesmos sítios dos gigantes. Tudo é relativo.
Tom Cruise, que é piqueno de estrutura, não deixa de ser um gigante do cinema... e mesmo quando fica desenquadrado na imagem, não há problemas de maior! A super estrela actua em cima de um estrado! Ah valente! (imagem retirada do filme "Vanilla Sky")
Vejam o mestre Yoda, da Guerra das Estrelas, com o seu curto metro de altura consegue as maiores proezas com um sabre de luz... além de toda a sabedoria que armazena na pequena cabeça verde.
Nós os pequenos conquistaremos o mundo... porque não damos nas vistas e passamos pelas entrelinhas!

Beijos
Ziggy

à parte para Mindtrap: Amigo, consegui descobrir a razão pela qual na quinta-feira da semana passada, a mesma noite em que nós tentámos viver tempos Retro no Incógnito, se passeavam por Lisboa senhores com pintas na testa... iam para a festa de inauguração do Buddah Club! Somos mesmo lerdos, DUH!
à parte para interessados: Dado que a blogosfera/homepage-ó-esfera e afins anda marada, não consegui deixar online a canção "Ding Dong Song"... é chorar a rir... às bandeiras despregadas como gostam de dizer os tradutores... por isso quem quiser, eu mando por mail!!!!! Tá? Tá!

quinta-feira, 23 de setembro de 2004

Um dia desenhei este postal







Beijos
Ziggy com Earl and Mooch (Mutts)

Sol e a Lua

Certo dia uma estrelinha que brilhava no céu, virou-se para o sol e perguntou-lhe:
- Ó Sol, tu que és tão bonito e brilhas tanto, porque não te casas com a Lua?
- Eu? ... Casar com aquela puta que anda sempre de quarto em quarto e às vezes aparece cheia?
A Estrelinha foi-se embora um pouco triste, foi ter com a Lua e perguntou:
- Ó Lua, tu que estás tão solitária, porque não casas com o Sol?
- Eu? Casar com aquele cabrão que demora 12 horas a pôr-se e outras 12 a vir-se? DASSE!!!NEM PENSAR!!!!!


Bjs
Ziggy

quarta-feira, 22 de setembro de 2004

Quem espera... sempre alcança!

Eu quando prometo, cumpro... pode é demorar mais um bocadinho! O atraso deve-se apenas à indisponibilidade dos servidores americanos, dessa terra onde todos os sonhos são possíveis, mas na qual aceder a um link é praticamente impossível!

Amigos e amigas, aqui têm:
"Ding Dong Song", Gunther Levi

oh, you touch my tralala,
mmm... my ding ding dong.
la la la la la la la,
la la la la la la,
la la la la la la la.
Oh, you touch my tralala
la la la la la la la,
la la la la la la.
mmm... my ding ding dong.
la la la la la la la,
la la la la la la.

Deep in the night,
i'm looking for some fun,
deep in the night,
i'm looking for some love.
de-de-de-deep in the night,
i'm looking for some fun,
deep in the night,
i'm looking for some (ping)

You tease me,
oh please me,
i want you to be my lovetoy,
come near me, don't fear me,
i just can't get enough of you boy.

Oh, you touch my tralala.
la la la..
mmm, my ding ding dong,
oh you touch my tralala,
mmm, my ding ding dong.
la la la...

Deep in the night,
i'm looking for some fun,
deep in the night,
i'm looking for some love.

you tease me,
oh please me,
i want you to be my lovetoy.
come near me, don't fear me,
i just can't get enough of you boy.

Oh, you touch my tralala.
la la la...
mmm, my ding ding dong.
la la la..
oh, you touch my tralala.
la la la..
mmm, my ding ding dong.

(ding ding dong)
mmm, my ding ding dong 2x

oh, you touch my tralala.
lalala...
mmm, my ding ding dong.
oh ,you touch my tralala
(ding ding dong)
oh, you touch my tralala.
mmm, my ding dong dong

Beijos
Ziggy

Dia sem carros... alguém notou?

Hoje é dia 22 de Setembro, o célebre Dia Sem Carros... Daqui vejo várias centenas a passar todo o dia. Os engarrafamentos continuam os mesmos à semelhança dos outros dias. Nada de diferente. Eu própria vim de carro. O ano passado ainda fui de táxi!
O propósito não é de todo descabido, mas quase que se fica só pela intenção, porque na prática todos sentamos o rabo no popó e ai vamos nós estrada fora.

Beijos
Ziggy

terça-feira, 21 de setembro de 2004

Nature Boy

A rodar esta tarde Nature Boy por Caetano Veloso!
Dias de peregrinação para a Fnac até conseguir encontrar no quadro o nome de Caetano Veloso! Finalmente os bilhetes estão à venda. Balcão 0, fila 9! Lá estarei dia 24 de Outubro!

Beijos
Ziggy

PS: Lamento, mas ainda não consegui colocar online a música do post anterior! Mais logo juro que coloco, xim? xim! Mi aguardem!

segunda-feira, 20 de setembro de 2004

you touch my tralala!

Para vocês, meninos malucos e doidões, aqui fica:
(porque é que eu acho que vai constar futuramente de um qualquer alinhamento de um Body Training System????)

"Ding Dong Song", Gunther Levi

oh, you touch my tralala,
mmm... my ding ding dong.
la la la la la la la,
la la la la la la,
la la la la la la la.
Oh, you touch my tralala
la la la la la la la,
la la la la la la.
mmm... my ding ding dong.
la la la la la la la,
la la la la la la.

Deep in the night,
i'm looking for some fun,
deep in the night,
i'm looking for some love.
de-de-de-deep in the night,
i'm looking for some fun,
deep in the night,
i'm looking for some (ping)

You tease me,
oh please me,
i want you to be my lovetoy,
come near me, don't fear me,
i just can't get enough of you boy.

Oh, you touch my tralala.
la la la..
mmm, my ding ding dong,
oh you touch my tralala,
mmm, my ding ding dong.
la la la...

Deep in the night,
i'm looking for some fun,
deep in the night,
i'm looking for some love.

you tease me,
oh please me,
i want you to be my lovetoy.
come near me, don't fear me,
i just can't get enough of you boy.

Oh, you touch my tralala.
la la la...
mmm, my ding ding dong.
la la la..
oh, you touch my tralala.
la la la..
mmm, my ding ding dong.

(ding ding dong)
mmm, my ding ding dong 2x

oh, you touch my tralala.
lalala...
mmm, my ding ding dong.
oh ,you touch my tralala
(ding ding dong)
oh, you touch my tralala.
mmm, my ding dong dong

Bjs
Ziggy

PS: esta está a rodar em repeat... melhor que isto só o Verde!
PS2: OK OK se calhar já não é nova... mas não deixa de ser maravilha! O "imagine" também não e a Madonna cantou no concerto em Lisboa! Ah pois!
PS3: Logo mais à noitinha, coloco aqui um link para ouvirem, tá? Tá!

A perfeição de David

A perfeição física de David, a escultura de Miguel Ângelo, sempre foi um facto admirado ao longo dos anos. Mas, segundo um instrutor de Pilates, David devia sofrer de muitas dores nas costas devido à sua postura incorrecta.
Aquele que aos nossos olhos sempre pareceu ter um corpo de deus grego tinha vários pontos fracos que reflectiam alguma fragilidade.
Vejamos, análise corporal segundo um instrutor de pilates:
- A curvatura do tronco, ao nível do abdomén, para o seu lado direito demonstra falta de alinhamento;
- Sobrecarga sobre lado direito da anca;
- O pescoço está tenso e com má postura;
- Nádegas pouco robustas;
- Dedos dos pés tortos e músculos fracos.

A imagem demonstra qual a postura que David devia adoptar na vida real para evitar dores na coluna. Se seguisse o método de Pilates, o mesmo que Madonna pratica, a sua vida teria sido provavelmente menos debilitada.

Quem diria, um herói histórico com dores nas costas?

Beijos
Ziggy

sexta-feira, 17 de setembro de 2004

Retro Refresh Free Style!

Pois que me esqueci de falar da festa de ontem!
Eu abano-me ao som de qualquer música, é certo! Mas beber, isso é que não pode ser assim à toa. Temos de escolher a bebida certa para a altura certa!

Retro Refresh Session
Ontem bebemos Jelly Shots (nham, nham);
Ontem bebemos morangoska (nham, nham again);
Ontem bebi vodka com laranja (nham... só)

Ontem ouvimos Vive La Fête!
Ontem ouvimos Miss Kitten!
Ontem ouvimos Kylie Minogue!

Ontem falámos de Dita von Teese e Marilyn Manson (um arrepio pelo segundo!);
Ontem falámos sobre Madonna e Robbie Williams (AI, DEUS!)
Ontem falámos do Jorge! E dos seus calções... erm, ou a falta deles!

Ontem falámos do presente, do passado e do futuro;
Ontem falámos de amores e desamores;
Ontem concluímos que sentimos um défice passional, menos um que "não se pode queixar"!

Ontem dançámos em modo free style, ao deus dará!
Ontem fizemos Body Balance na pista de dança!
Ontem fizemos figuras tristes, mas muito cómicas!

Ontem andámos de ténis de Inverno, mas estava calor!
Ontem vestimos t-shirt's para provocar!
Ontem andámos fashion, mas confortáveis!

Ontem assobiámos aos gajos giros que encontrámos na rua!
Ontem gritámos pela janela o nome de um senhor que achávamos que conhecíamos!
Ontem pisei o pé de um senhor com cara de touro enraivecido! Acho que me queria bater!

Ontem prometemos que nos vamos reunir em mais festas destas!

E assim foi a nossa noite. Mais desenvolvimentos no blog do Mindtrap

Beijos
Ziggy

A rodar
Tous les jour des fêtes!
Oui, c'est excentrique
Je dis 'Vive La Fête'!
Pour être héroïque

A semana que chega ao fim...

Mais uma semana está a chegar ao fim. Chega o merecido descanso dos guerreiros. São 48 horas despreocupadas, sem stress, sem ansiedades. Ou pelo menos em grau menor.
Não sei se pela frente vejo uma luz, se um abismo. É daquelas coisas que o só o tempo dirá. Mas quem diz que eu estou quietinha à espera que o tempo passe e que as coisas aconteçam por si? É mais forte que eu, o meu querer influenciar o futuro sem qualquer poder para o fazer. Querer é poder, mas não neste caso.
Por isso resta-me aguardar.

Beijos
Ziggy

PS: Para a semana cá estarei a tomar conta do clube dentro das minhas possibilidades. Dado que não se ainda muito bem o que está para acontecer, não sei se terei a mesma disponibilidade que em dias passados. Aviso por isso todos os sócios, amigos e companheiros que a actualização do blog pode sofrer algumas alterações... talvez tenha vida nocturna em vez de diurna. Mas não desesperam, as notícias estarão sempre a rolar!
Gattaca, boas férias e eu tomo conta das bichanecas (as gatas, claro!!!)

PS2: A rolar no leitor de MP3: nada! porque encravou, sabe-se lá a razão! GRRRRRR

Sem comentários....

Mais uma sobre o “nosso amigo” Portas:



Ass: Gattaca

quinta-feira, 16 de setembro de 2004

O prometido... é devido

Caros amigos, companheiros e sócios,
Eu tinha prometido uma surpresa!
Aqui está, em primeira mão, a foto dos vossos directores! As caras que vos dão notícias todos os dias e estes posts maravilhosos!
Ziggy e Gattaca à espera de Madonna...




Beijos
Ziggy

Conversa de Directores # 2

Olhem, afinal acho que sou hetero e que a Ziggy come sardinhas ao Pequeno-Almoço:

Strike a Pose diz:
hmmm qqr coisa de estrnha se passa no meu comp
Gattaca diz:
lolol
Gattaca diz:vai cagar um filho
Strike a Pose diz:
tás maluco oh kê?
Gattaca diz:
estou
Gattaca diz:
por ti
Gattaca diz:
pelo teu corpo
Gattaca diz:
pela tua xaxa fresca e fofa
Strike a Pose diz:
vai.... hmmm... comer sardinhas ao pequeno almoço
Gattaca diz:
isso é bom?
Strike a Pose diz:
soh de pensar jah tenho vontade de vomitar
Gattaca diz:Lololol

Deixem-me explicar que a Strike a Pose é a nossa querida directora Ziggy, nesta fase da sua vida, "travestida" de Madonna. Podia ser pior!


Ass: Gattaca

Histórias...

Como sabem esta semana voltei a trocar de horários nos meus empregos. Assim entro às 06h30 na rádio, da qual saio às 14h. Normalmente a essa hora tenho ido almoçar com a Mónica Mendes no refeitório da rádio. Depois às 15h vou para a revista do qual estou despachado às 20h. Até fica um horário simpático. Mas existem alguns problemas: como no ginásio tenho um cartão que apenas dá acesso às instalações até às 18h não posso ir às aulas durante estes dias. Para além disso acho que só hoje consegui acertar os horários dos sonos. De qualquer forma nunca adormeço antes das 23h. Deito-me e não consigo adormecer. Ainda assim acho que hoje a cabeça já funciona. Tem sido de rir ouvir as minhas conversas. Nada bate certo com nada.... Mas hoje já sinto que vou acertar nos nomes das pessoas, nos dias da semana, nas cores e por aí fora.
Sobre os meus planos de férias e do JP não conto nada por enquanto, porque existem por aí muitas alminhas invejosas e não quero ficar com esses dias agoirados. Bem preciso de umas férias sossegadas.

E pronto...

Ass: Gattaca

Let's Dance?

Put on your red shoes... and dance the blues!


Quem quer vir com a Ziggyzinha à festinha?!??!

Quinta-feira, no Incognito!
Inscrições serão aceites na zona dos comentários!!!!

Beijos
Ziggy

PS: Tenho uma surpresa para os sócios, mas só mostro amanhã, depois de ter muitos candidatos para ir à festarola!

PS2: A rodar esta noite por antecipação: "Let's Dance", David Bowie

let's dance, put on your red shoes and dance the blues
let's dance, to the song they're playin' on the radio

let's sway, while colour lights up your face
let's sway, sway through the crowd to an empty space

if you say run, i'll run with you
if you say hide, we'll hide
because my love for you
would break my heart in two
if you should fall
into my arms
and tremble like a flower

let's dance, for fear your grace should fall
let's dance, for fear tonight is all

let's sway, you could look into my eyes
let's sway, under the moonlight, this serious moonlight

quarta-feira, 15 de setembro de 2004

Post em duas partes

Post parte I - Terapêutica
O meu psico-coiso disse-me para mandar uma imagem de uma sanita a quem me estivesse a chatear! Aqui vai a quem me está a chatear!

Caros amigos, companheiros e leitores,
não se sintam ofendidos com a minha sanita! Não é para vocês. Mas há quem mereça!

Beijos
Ziggy

Post parte II - Madonna
Digamos que esperava um pouco mais da rainha da pop. Foi um bom espectáculo e um bom concerto. E saltei, e gritei até ficar sem voz, e diverti-me. Mas já vibrei mais noutros concertos, até com menos aparato tecnológico.
Madonna, que já tem 46 anos e é mãe de dois filhos, tem uma presença exemplar e não deixa de ser um role-model para muitos de nós, a geração de 70 (aquela geração que anda pela casa dos 30, um pouco a mais ou a menos, para esclarecer aquele senhor que achava que a geração de 70 eram os músicos!!! duh!).
O alinhamento do concerto não incluiu muitos dos êxitos que mereciamos ouvir, já que era a sua primeira visita a Portugal. Senti que o concerto, talvez pela gravação do DVD e pelo próprio perfeccionistmo da cantora, estava demasiado bem coordenado e seguindo fielmente um guião pré-criado.
Resumindo e concluindo, quando saio completamente satisfeita de um concerto, sinto borboletas no estômago e costumam cair-me lágrimas... e desta vez isso não aconteceu!!!
Perdoem-me!

+ beijos
Ziggy

Madonna em Lisboa – As minhas fotos

Estas são as fotos tiradas por mim (utilizando o fantástico Nokia 6600) no passado dia 13 de Setembro durante o concerto de Madonna no Pavilhão Atlântico. Obviamente não chegam aos calcanhares das fotos do Mindtrap (que aconselho vivamente e estão disponíveis no blog do moço), mas sempre podem ficar com uma visão mais generalista e “desfocada”.


O início, e para mim um dos momentos da noite. Curiosamente em playback e sem Madonna no palco!!!




Uma das poucas fotos focadas. Curiosamente não me lembro em que música...




Um dos três “momentos isqueiros”. Neste caso creio durante o “Imagine” de John
Lennon




Algures durante a actuação de 01h45




Os momentos finais




E acabou-se. Agora é esperar pelo DVD que deverá ser editado em Março de 2005. “Re-Invente Yourself”



E acho que encerro por aqui os meus comentários sobre a actuação de Madonna em Portugal. Creio que o concerto de dia 14 de Setembro foi bastante semelhante ao primeiro embora com algumas mudanças. Segundo li algures a cantora verteu algumas lágrimas em palco e prometeu que numa possível nova digressão irá passar por Lisboa.

Ass: Gattaca

PS1 – Ouvi falar... De um possível concerto dos Pet Shop Boys em Lisboa em Outubro. REZEMOS!!!

PS2 – Qualquer dia estou a ir de férias. Portanto vão-se preparando para nas próximas duas semanas contarem apenas com Ziggy na direcção do clube.

PS3 – Ziggy, tende calma. Tudo se resolve. Tens é de ter alguma força.

terça-feira, 14 de setembro de 2004

Madonna Fever

Ainda estou a processar.... amigos! À tarde pronuncio-me!

Beijos
Ziggy

Madonna em Lisboa – A foto do Mindtrap

E nos próximos dias vamos andar nisto. Há falta de melhor!!!
Esta foto foi tirada pelo Mindtrap aka Béu. Ele assistiu ao concerto, de dia 13, na plateia do Pavilhão Atlântico. No “Holiday” (a última música a ser interpretada) a senhora veio passear “cima” do público numa espécie de passadeira. Foi nessa altura que Béu disparou!!!



Obrigado pela foto gajo!!!

Ass: Gattaca

PS – Esqueci-me de dizer no outro texto que Madonna falou em português, o que me surpreendeu!!

Madonna em Lisboa

Como seria de esperar, aqui está o texto e algumas fotos (não as tiradas por mim) sobre a actuação de Madonna no dia 13 de Setembro no Pavilhão Atlântico. Pois que foi um grande concerto, que foi. Mas... faltou algo!
Ontem ainda pensei que ia mudar de opinião, mas depois de ter dormido pouco (4h) sobre o assunto acho que me mantenho fiel à primeira sensação. É sem qualquer dúvida um grande espectáculo com uma grande “máquina” por trás, para que tudo funcione sem erros. Ninguém o pode negar. Visualmente muito bom. De qualquer forma os concertos da “Drowned World Tour” eram muito melhores a todos os níveis: coreografias, guarda-roupa, cenografia, luzes e projecções. Fiquei com pena de não ter ido a Barcelona assistir à abertura da digressão.
Nesta “Re-Invention Tour” todo me pareceu vazio e repetitivo... Roupas pobres (apenas a desenhada por Lacroix é fabulosa!), coreografias sem nada de novo, cenário muito vazio (projecções em ecrãs não são coisa nova para os portugueses), elementos algo pirosos (o que foi o skater fazer ao palco?) e um alinhamento duvidoso. Eu sei que a moça reviu os álbuns todos, mas e o “Like a Virgin”, o “True Blue”, o “La Isla Bonita”, “Borderline”, “Who’s that Girl”, “Rain” ou mesmo o “Beautiful Stranger”? Onde andaram eles? Não seriam melhores que o “Lament” e mais 2 ou 3 que agora não me lembro? (lol)
E 30 minutos de atraso?! Já não estava habituado. Os Kraftwerk começaram a horas e os últimos concertos a que tenho ido pouco se têm atrasado. Mas se calhar também tenho tido sorte.
Confesso que às tantas também tinha as expectativas muito altas... Também acredito que o resultado em DVD seja muito melhor do que vi ontem. Temos de esperar.



Mas nem tudo foi mau. Gostei do que vi. Para mim o concerto resume-se à abertura com o “Justify My Love” numa nova versão, “Material Girl” e o “Like a Prayer”. Até o “Music” podia ter sido melhor. Dancei pouco para o que estava há espera. Amei os clips projectados nos ecrãs de todo o palco. O primeiro e os dos baloiços simplesmente geniais.




Mas o mais giro é ver o quão inocente são as pessoas. Ninguém sabia o alinhamento dos espectáculo, ou pelo menos saber que o “Like a Virgin” não ia ser interpretado. Pior ainda: num espectáculo desta envergadura, jamais em tempo algum, Madonna ia voltar para um encore.



No meio de tudo isto não dei por mal empregues os meus 76 euros do bilhete. Sempre posso dizer aos meus sobrinhos que um dia estive na mesma sala com a Madonna, juntamente como mais 19.999 pessoas. Mas estive!

Ass: Gattaca

PS1 – As fotos deste texto foram tiradas pelo fotografo Armando França e estavam no serviço de notícias da Yahoo!

PS2 – Agora resta aguardar pelo DVD gravado em Lisboa.

PS3 – Para morrer feliz quero ver os Pet Shop Boys.

segunda-feira, 13 de setembro de 2004

Mamas nos pratos!

E quando menos se espera, eis que recebo um e-mail de uma promotora de eventos a apresentar a seguinte artista:

“DJ Diva surge na cena do house após 10 anos de trabalho nocturno a servir bebidas topless e a efectuar danças pessoais nas melhores salas VIP da Holanda. Surge num desses locais onde ela trabalhava a oportunidade de meter as mãos nos pratos e logo ali nasceu a primeira dj topless holandesa!
Seguiu para a melhor escola de DJs de Amsterdão para melhor dominar o vinyl e o cd de forma a proporcionar o melhor club house do momento aos clubbers que tiverem oportunidade de a ver e ouvir.

Agenda:

DJ DIVA TOUR
Quarta, 29/09 - Disponível
Quinta, 30/09 - Disponível
Sexta, 1/10 - Disponível
Sábado, 2/10 - Lagars (Amares)
Segunda, 4/10 - HIT Club (P. Varzim)”

A foto ilustrativa...



Nesta artista tudo é bom. O nome, a bela da mama, o belo penteado, o sorriso, a actuação... Enfim! Portanto se quiserem animar a vossa festa, já sabem...

Ass: Gattaca

PS – Volto a afirmar que tudo isto é verdade!!

Madonna Party

Começou na sexta-feira à noite a febre "Madonna". Eu cá não sou assim uma fã MUITO grande, até porque sou pikinita. Mas toda a geração de 70 tem um pouco de Madonna na sua história musical.
No domingo à noite, os admiradores da cantora juntaram-se no Hard Rock Café de Lisboa para prestar homenagem à rainha da música pop. Vieram de Espanha e até da Argentina, mas há também australianos, noruegueses e claro os tugas.
Estávamos numa festa dedicada a Madonna. Alguns trajaram-se a rigor.
As t-shirts mostravam slogans familiares: "Do it better" em vários formatos, "Material Boy", "Express Yourself"!
O que estávamos todos ali a fazer: cantar, dançar e rir até às lágrimas!
Durante toda a noite esteve em palco um senhor que animava o público... mas o senhor estava muito deslocado, de vez em quando pegava no microfone para cantar um refrão de uma música, sem mais nem porquê. Ainda não sabemos o que o senhor estava lá a fazer, principalmente porque pedia aplausos no final de cada canção sem ter feito rigorosamente nada!
Depois de uma apresentação de uma banda de nome Esctasy, que coreografou algumas músicas de Madonna, a noite foi preenchida com uma sessão de karaoke.
Alguns dos participantes:




O senhor mais desafinado da noite! Mas com muito charme a dançar. Este ganhou pela performance! Podiam ter-lhe desligado o microfone.



O senhor argentino que cantou "Don´t Cry For Me Argentina"... e chorou! Disse que chegou a Portugal depois de uma longa, longa viagem para ver Madonna. Estava muito emocionado. Nós ajudámos a cantar!



O pessoal da festa, enquanto ouvia "Ray of Light"!


A equipa de reportagem na festa da Madonna saiu mais cedo e não sabe quem ganhou o concurso de Karaoke. Lamentamos o sucedido!

A Madonna Party continua hoje e amanhã à noite com a participação da própria. Não se esqueçam das t-shirts brancas para o concerto!

Beijos
Ziggy (com Mindtrap e Lambkin)

PS: Um especial agradecimento àquele senhor da t-shirt do Rugby que estava a um palmo do meu nariz, infelizmente acompanhado pela mulher, que era TÃO engraçado. Já sabes se algum dia te separares, até porque aquela melher não é para ti, gimmi a call!

Porto – As Fotos

Pois é. São raras as vezes mas de vez enquanto consigo: não trabalhei na rádio na sexta-feira e assim que saí da revista às 16h30 e as 16h55 já estava dentro do alfa a caminho do Porto.

O Alfa na estação



O meu kit sobrevivência para 3 horas de viagem



Foi um fim-de-semana como quase todos deviam ser. Calmo, com o namorado, com alguns amigos, com passeios por sítios lindos. Só não teve foi ginásio nem cinema. Desta vez apenas vou falar de Serralves. No sábado fomos todos almoçar com o Je_Bois e seu rebento, mais um amigo açoreano. Portanto no total éramos 5 no total. Tudo a almoçar na Ribeira. After almoço, perto das 16h30, fomos a Serralves. Mas dentro do carro houve direito a um cigarrinho francês para relaxar. E foi uma das experiências mais surrealistas dos últimos tempos. Nem sei se consigo explicar. Eram cores, sons, projecções, o Bruno a correr, os seguranças atrás de nós...



Entretanto mais calmos lá fomos para os jardins ver a exposição de Tony Cragg. E pela primeira vez consegui entrar na Casa Serralves onde também estão alguns trabalhos deste escultor britânico. É linda... Também quero uma lareira de mármore preto com uma parede de espelhos. E estou a falar a sério! Esta é uma das muitas esculturas deste artista:



Se puderem não percam... E para terminar este episódio lá fomos para a casa de chá. Pensávamos nós que íamos descansar. Por esta altura junta-se a nós mais um dos 300 mil amigos do Je_Bois. Desta vez o elemento destabilizador foi a empregada da respectiva casa de chás. Era uma gira espontânea, com opinião sobre tudo e com um sentido de humor algo bizarro.



Amanhã mostro mais algumas imagens da minha ida ao Porto. Sim porque ainda houve direito a 31 com o Rui Vargas. “OH SUPERMAN!!!!!”

Ass: Gattaca

PS1 – E minha gente, ninguém discutiu durante os dias todos. Não quero deitas os foguetes antes de tempo, mas acho que é desta que as coisas vão começar a correr bem. Mas primeiro as férias!!!! Mas certo é que não consigo viver sem o olhar do JP!

PS2 – E cá estou eu na rádio. Desde as 06h45, que o menino hoje não conseguiu acordar mais cedo.

PS3 – E logo à noite que temos? Que temos? Madonna!!!!

8ª Edição do Festival de Cinema Gay e Lésbico de Lisboa

Lê-se no site oficial deste evento:

“A 8ª Edição do Festival de Cinema Gay e Lésbico de Lisboa realiza-se entre 17 e 25 de Setembro de 2004. Com a sua mais ambiciosa programação desde sempre, o Festival desdobrar-se-á em vários ciclos a decorrer em várias salas da cidade de Lisboa.
Alguns dos filmes já confirmados para a presente edição podem já ser consultados neste site. Em breve anunciaremos a presença de realizadores e actores. Paralelamente aos filmes, decorrerão outros eventos, desde debates a festas temáticas”.


É bom ver que mesmo com um grande corte por parte da Câmara Municipal de Lisboa este festival conseguiu-se aguentar.

Mais informações: www.lisbonfilmfest.org

Ass: Gattaca

sábado, 11 de setembro de 2004

NY

(Dia 11 de Setembro de 2004, a três anos dos atentados terroristas em Nova Iorque)

Há dias em que me apetecia viver em Nova Iorque.
Não vamos analisar a nação a que a cidade pertence, nem quem a comanda.
Nova Iorque é do mundo. Nova Iorque é o mundo.
Pensava nisto enquanto estava empatada, invariavelmente, na segunda circular ao final do dia em Lisboa. O crepúsculo começava a espalhar-se pelo céu. E ali íamos a passo de caracol para nos enfiarmos em casa. Perguntei-me: porquê, para quê?
Esta cidade, Lisboa, não é mais nem menos que Nova Iorque. Mas do outro lado do Oceano parece que tudo tem mais razão de ser ou outra razão de ser. Em Nova Iorque pode enfrentar-se o trânsito, girar-se vários quarteirões para encontrar um lugar para estacionar, cruzarmo-nos aos encontrões com centenas de pessoas com a única razão de viver em Nova Iorque.
Nova Iorque tem todos os porquês e para quês. Os bons e os maus.
Maybe I'll live there some day...

Beijos
Ziggy, viajando

PS: A rodar esta noite (porque hoje não me apetece sair)... "New York, New York", versão de Frank Sinatra!

PS2: Poupem-me os discursos patrióticos. Thx!

sexta-feira, 10 de setembro de 2004

Porto

E lá vou eu... Meus amigos... Até já!

Ass: Gattaca

Verde.... mas não digam a ninguém!

Desde que o José Cid voltou aos ecrãs das nossas televisões que anda meio Portugal a recuperar as pérolas da música portuguesa. Pois sim, José Cid, Marco Paulo, e outros que tais. Ontem, em conversa com o companheiro de blog Mindtrap, chegou-me às mãos a mais hilariante canção que já ouvi nos últimos anos.... "Verde"!
Não é um hino sportinguista, não é uma pirraça dos benfiquistas... é simplesmente uma canção visionária sobre o futuro dos humanos na terra, cantada há 50 anos atrás com letra sabe-se lá de quem... mas quem escreveu previa a terra habitada por seres verdes, onde tudo era verde, verde como a primavera e os campos...
Olha oiçam, porque eu não consigo descrever... OUÇAM MESMO, porque quem já ouviu sabe o que estou a falar!
A letra é particularmente interessante, mas boa boa é a voz da senhora e a sua peculiar interpretação sobre um piano de notas melodramáticas!

Verde, de Natália de Andrade

(piano melo-dramático)

O nosso amor é verde
Nós somos verdes
Verdes como são os campos e as árvores
Quando regressa a Primavera

(piano melo-dramático)

Verde é tudo quanto é belo
Tu és verde meu amor
Verde (piano melo-dramático)
verde (piano melo-dramático)
o nosso amor é verde (guincho)
Mas não digas a ninguém....

Beijos
Ziggy, verde, mas não digam a ninguém!


PS: Desculpem, mas tenho andado com problemas técnicos! Mas estou de olho em vocês, ok?! ok!

Pensamento do dia

Portanto aqui vai:

"De que adianta a beleza interior, se a pila não tem olhos?"

Ass: Gattaca

PS - Um pouco machista eu sei. Mas também ainda bem que não tem olhos. Há certas coisas que prefiro não ver... Deve ser um nojo!!!

quinta-feira, 9 de setembro de 2004

“Luz Vaga”

Bem, aqui fica uma homenagem ao Mindtrap aka Béu e à Mónica Mendes:

“Luz Vaga”

“Dancei para te ver aqui
eu sei que nada mais pode me ajudar

é do nono andar?
sim!
quis pedir ajuda
mas a lingua estava morta!

sei lá
parei de olhar
tenho uma corda acesa prestes a queimar

não és capaz de me levar a sério
vou saltar em teu lugar”

Este é o mais recente single dos Mesa, que na terceira edição do álbum de estreia decidiram re-gravar este tema com a participação de Rui Reininho. Acho o tema simplesmente fabuloso!!!

Ass: Gattaca

PS – Sexta-feira não venho trabalhar à rádio e vou para o Porto passar o fim-de-semana. Espero ir ver o Rui Vargas no 31Bar e ir a Serralves ver uma exposição de esculturas nos jardins.

Conversa de Directores!!!

Conversa tida no msn há poucos minutos entre Gattaca e Ziggy:

Gattaca diz:
CHEIRAS MAL DA XAXA

Ziggy diz:
n grita

Ziggy diz:
pq??????

Gattaca diz:
pq nao a lavas

Ziggy diz:
nao lavo.. olha olha

Ziggy diz:
sempre fresca e fofa

Ziggy diz:
LLLLLOOOOOOOLL

Gattaca diz:
FOFA???

Ziggy diz:
eh como o bimbo!

Gattaca diz:
LOLOLOLOL

Conclusão: olha não sei...

Ass: Gattaca

quarta-feira, 8 de setembro de 2004

Todos p´rá piscina – As Fotos

E finalmente aqui estão as minhas fotos da festa de domingo, a Candy House. Nada de especial, mas as possíveis...

O início da festa...


Passadas algumas horas...


A cabine do DJ


O ambiente lá mais para o fim da noite


Eu a flashar...


E pronto!!! Foi isto!!!

Ass: Gattaca

PS – Je-Bois, muito obrigado pelo esclarecimento. Garanto que não fazia ideia... Também quem disse que eu falava inglês??? Enfim!!!

terça-feira, 7 de setembro de 2004

A constipação

Deus nosso senhor deve-me ter castigado: estou constipado! Mas não se comecem já a rir porque não caí à cama. Até me estou a aguentar bem à bomboca. Mais uma vez digo em voz alta: VIVAM AS DROGAS!!! Agora é só C-Gripe, o que sempre é melhor que nada.
E além disso não me arrependo minimamente de ter estado a tarde toda de domingo a dançar apenas de T-Shirt (e calças obviamente). Eu bem senti uma brisa fresquinha nas costas, mas não fiquei minimamente preocupado. O grande problema é que transpiro imenso. Chega a ser caricato e vergonhoso. Chego mesmo a pingar do cabelo! Um verdadeiro nojo... E o que atrofio com essa situação?! Houve mesmo uma altura da minha vida em que a meio da noite trocava de T-Shirt porque a vestida estava ensopada... Vá podem gozar...

Ass: Gattaca

Desculpem, mas isto é emoção a mais .... e dinheiro a menos

E depois de saber que finalmente Rufus Wainwright actuará em Lisboa, a 13 de Novembro, recebi a informação de que os REM também cá voltarão em Janeiro, dia 7. Peço desculpa, mas isto é emoção a mais para um pobre e sofrido coração. Como é que se lida com tanta emoção ao mesmo tempo? E com a falta de dinheiro na conta?!!!


Beijos
Ziggy Bursting Joy!

PS: Quem quer casar com a Ziggyzinha que é muito bonita, formosinha e boazinha????

segunda-feira, 6 de setembro de 2004

Todos p’rá Piscina!!!

Foi sem dúvida a festa do ano! Nunca pensei dizer isto, mas não posso mesmo negar. Foi o paraíso! O tal que é difícil de encontrar!
Tudo estava perfeito, as pessoas, a organização, o local, o ambiente, as luzes, a vegetação envolvente, tudo, tudo, tudo, tudo. Os únicos senão a apontar mesmo estão relacionados com a música: o volume muito baixo (mas a polícia assim obrigou!) e o segundo DJ a actuar (um brasileiro do qual não me lembro do nome) podia ter feito a fauna da piscina viajar muito mais. De qualquer forma deu-nos a dispensa para o merecido descanso para irmos comer as fantásticas espetadas de fruta fresca, mini-gelados e mini-gelatinas que simpáticas meninas ofereciam ao party-people presente. Mas vá-se lá perceber porquê as pernas não paravam de mexer!? Lol.

No meio de tudo isto, a piece de resistence foi mesmo o facto de a pista de dança ser dentro da piscina. Passo a explicar. A festa aconteceu na área da piscina do Hotel Estoril Sol, que depois de alguma polémica vai mesmo ser destruído. Talvez isto explique alguma da magia do local. Fomos os últimos a passar por ali. Por tudo isto o Hotel já está abandonado e a piscina não é cheia há 1 ou 2 anos. Logo a organização aproveitou para colocar a cabine do DJ numa das bordas (o que eu gosto desta palavra) da piscina e o pessoal ia dançar lá para dentro. Muitos mergulhos foram dados!!!

Não quero parecer convencido ou mesmo preconceituoso, mas uma super selecção das pessoas presentes é meio caminho para uma festa de sucesso. Foi giro ver as caras conhecidas, caras menos conhecidas e reencontrar antigos conhecimentos. De repente e do nada encontrei uma antiga amiga minha da secundária. Afastamo-nos porque ela saiu de Linda-a-Velha já não sei para morar onde. A Vanessa. Mas o mais giro é que a Vanessa conhece o Marcelo que é um dos meus pilares da noite!!! Já passei alguns episódios com o Marcelo. E para terminar este encontro, quando a Vanessa nos deixa o Marcelo vira-se para mim e pergunta: “Como é que ela se chama?” Para mim são pequenos momentos como estes que dão um colorido a tudo.

E ao contrário do que esperava não foi uma festa tão fashion trendy como esperava. Obviamente a bicha musculada de roupinha colada ao corpo não podia deixar de estar presente. AH! E super bronzeada! Sempre.

No meio de tudo isto as “especiarias” disponíveis no recinto eram várias. E eu um rapaz dado a travar conhecimento com outras “culturas” não podia recusar... Viajei para tão longe. E para tantos lugares!!! QUERO VOLTAR!!!!

Só tenho de agradecer os momentos especiais que vivi e que não me vou esquecer... Só que infelizmente não consigo escrever em palavras o que vivi e senti nas horas mágicas de domingo.
No final desta viagem só tenho mesmo de agradecer. Obrigado Xrl8 (mais uma vez estiveste presente), DJ Al e Carla (que me deixaram entrar e com quem gosto de falar), Marcelo (nem sei que dizer), Serginho (de um humor fabuloso) e à rapariga do biquini!!! E também ao Silvestre e ao seu amigo fabuloso que não parava quieto!


Ass: Gattaca


PS1 - Quanto às fotos (reparei hoje que tirei poucas) espero amanhã colocar aqui as melhores. Apenas para vos dar umas luzinhas do que se viveu pelos lados do Estoril.

PS2 – E outro momento da noite foi o “sermão” do franZ. Mas gajo, tens carrada de razão! My fault!

PS3 – No meio de tudo isto também tive tempo de ir ao cinema ver o “I, Robot” e até aconselho. De toda a merda que tenho ido ver nos últimos tempos este é de longe o melhor. Grandes efeitos especiais e sem derrapar assim tanto no argumento!
Fui também ao ginásio, fui ao Bairro e ao Lux, vi o meu sobrinho (cada vez mais bonito) e acho que pouco mais!!!

Acham isto possível?



Às vezes a minha alma fica parva!

Beijos
Ziggy

PS: Para quem não saiba... este é o Mantorras!!!!

Não quero...

O menino não quer voltar à realidade. Quer continuar dentro da piscina do tal hotel!!! BBBBBUUUUAAAAAAA

Ass: Gattaca

PS1 - Espero no máximo amanhã colocar aqui as fotos.
PS2 - Dentro de algumas horas o possível relato do fim-de-semana.

Monday Blues


blank
billy corgan
© 1996 cinderful music/chrysalis songs (bmi)

I wish I was blank
I wish I was blank
I wish I could thank
I wish I was blank

I'd write a letter to you
And there'd be nothing to it
I wouldn't hem and haw
On just how to start it

I wish I was blank
I wish I was blank
I wish I could thank
I wish I was blank

I wish I'd stand up straight
I wish I'd said things different
I wish I'd said nothing
Things would be so perfect
I wish myself to keep
I pray my soul to sleep
I wish myself away
I wish I was blank

Bjs
Ziggy

PS: tanta preguiça, amigos. tanta preguiça!

sexta-feira, 3 de setembro de 2004

As jantaradas

Uma das coisas que mais sinto falta por estar neste horário nocturno na rádio são as jantaradas à Sexta-feira. São 23h03 e por esta altura já os comuns mortais estão super acelerados e a divertirem-se imenso. Sei que é parvoíce, mas é sentido.
O ritual do jantar à Sexta-feira com os amigos para mim era sagrado. Quando me obrigaram a vir para a noite foi uma das coisas que mais me custou deixar de fazer. Outra delas foi o facto de começar a trabalhar quando as pessoas começam a vir para casa. Este é mais um dos motivos para o qual tenho um emprego de manhã (para além do segundo ordenado). Mas assim sempre tenho um motivo para ter um horário mais normal como as pessoas. Começo a trabalhar às horas normais. Pelo facto de ter este horário acabo por apenas ter uma noite para me divertir com a malta amiga. Sim, porque aos domingos à noite já ninguém quer sair até tarde porque no dia seguinte acordam certo. Eu pelo menos só preciso de acordar às 09h-

Mas pronto parvoíces... Ou talvez não!

Ass: Gattaca

A festa do Miguel... não é esse, é outro!

Bem, a pedido do director do clube, aqui ficam as imagens da noite da festa do Miguel. Aconteceu no Bairro Alto, entre o Clube da Esquina e o 41! Já a noite ia alta e encontrámo-nos todos no meio da rua. Era amigos e amigos dos amigos, amigos dos conhecidos dos amigos. Afinal toda a gente se conhece!
Estes foram os primeiros copos da noite, dois moranguitos para mim e para o Mindtrap!

Este foi o aniversariante, que completou 30 primaveras e que casará no sábado, de crista cor-de-laranja e ténis, às 14.27!!!!!

Beijos
Ziggy

As 3 Cores

E pronto! Tenho o dia feito. Acabei de descobrir que finalmente vão editar em DVD os 3 filmes realizados pelo falecido Krzysztof Kieslowski da trilogia dedicada a França. São simplesmente 3 obras-primas. “Azul”, “Branco” e “Vermelho” giram em torno, respectivamente, dos temas Liberdade, Igualdade e Fraternidade. Sim tudo nos remete para as cores da bandeira francesa e para os ideais da Revolução Francesa.
É difícil dizer quais são o filmes da minha vida, mas estes 3 fazem sem dúvida parte do meu top 10.
Soberbas interpretações (dos actores Irène Jacob, Juliette Binoche, Julie Delpy e Jean-Louis Trintignant), magistrais bandas-sonoras (da autoria de Zbigniew Preisner), uma direcção artística de cortar a respiração são apenas alguns dos aspectos que fazem destes 3 filmes algo de mágico e muito especial. E a comandar tudo isto a sensibilidade humana de Kieslowski.
O mais giro é que eu tinha os CDs com as bandas-sonoras e os VHS com os filmes: Mas um dia emprestei a uma amiga minha e ela nunca mais mas devolveu. Entretanto à pouco tempo um colega meu da rádio deu-me a colecção dele das bandas-sonoras. E agora vou puder comprar os DVDs. YES!!!

Ass: Gattaca

PS1 – Não ouço ninguém a comentar a saída de ontem... Ainda tudo a ressacar?

PS2 – Também a chegar ao mercado em DVD, pela primeira vez, a trilogia “Star Wars”. É já em finais de Setembro. E arranjar dinheiro para tudo isto?

Cruz Quebrada Man!

Ontem falámos deste anúncio...

"Cruz Quebrada, Man! Podiamos estar em Nova Iorque, Banguecoque, Brasil, mas não, o menino queria aventura. CRUZ QUEBRADA.... José Cid! Olá malta, tudo bem? Tá-se!"

O nosso país é o máximo.

Vejam o reaparecimento de José Cid na Cruz Quebrada (deve ser uma experiência de tripar!)
Lipton Trip + José Cid
Todos os filmes Lipton

quinta-feira, 2 de setembro de 2004

Adopção de animais

Acho que já devia ter falado sobre este site há mais tempo. Já lá vão uns 3 anos, e todos os dias vou lá espreitar para ver as fotos dos novo bicharocos para adopção e para ler os mais diversos artigos.
Foi aqui que vi o anúncio da minha gata Meg. Tinha sido apanhada abandonada num floresta perto de Cascais. Vi a foto dela e apaixonei-me completamente. Só que estava doente. Esperei que ficasse curada e quando ficou boa lá a fui buscar.

Portanto já sabem! Quando puderem dêem uma “espreitadela” em http://felinus.ddi.pt/
Quem sabe se aqui não vão encontrar o vosso companheiro/a dos próximos anos!

Ass: Gattaca

PS - Estes pelo menos não nos falham e têm um amor incondicional por nós. E não me venham com a história que são assim tão dependentes por causa da alimentação. Eles sabem sobreviver muito melhor do que nós sozinhos!

Filmes...

Ontem foi este... Nada de especial. Continuei a preferir o Thunderbirds. Mas quem consegue resistir a esta carinha laroca?



Se tudo correr bem, hoje ou no máximo amanhã é a vez deste...



E pronto esperamos ansiosamente por filmes de jeito nas salas de cinema... Sim Béu, não há nada de jeito nas salas de cinema. NADA!!!

Ass: Gattaca

PS – Hum...

um dia não

Searching... searching... searching... empty! Não tenho nada para dizer. Devo estar doente, porque eu tenho sempre qualquer coisa para dizer. Estou a pensar com muita, muita força, já estou vermelha, mas o resultado é ZERO!
Não há nada que me pareça digno de ser registado no blog. Nem a chuva. Nem o céu cinzento. À hora de almoço não encontrei ninguém conhecido. Também não encontrei o livro que queria. Não havia nada de jeito nos restos dos saldos e as novas colecções são ainda quentes de mais. Não tinha sapatos para o dia de chuva.
Não está a dar nenhuma música de jeito na rádio, não tenho um CD de jeito.
Um dia não!

Beijos
Ziggy

PS: A rodar: "Call Off The Search", Katie Melua.

quarta-feira, 1 de setembro de 2004

As Festas do Miguel

E acho que é desta que vou!
As festas do Miguel (um dos porteiros do Lux) são muito faladas e badaladas... Desde “A Festa das Flores” que estes eventos fazem parte do imaginário do party people de Lisboa e arredores. Obviamente ninguém o assume, e quem não consegue ir diz sempre que não querem ou nem lhes interessa. Certo certo é que estas festas estão sempre cheias! Na última então, que aconteceu no Tamariz, as pessoas chegaram a demorar uma hora para entrar... Não foi Dudu? Mas giro, giro é ver a confusão e a excitação que se cria entre os habitués da noite para conseguir o convite que dá direito à entrada!! De repente começam a ir imenso ao Lux para ver se o Miguel lhes dá um convite. De rir...
A próxima vai acontecer já no próximo domingo, 5 de Setembro, na piscina daquele hotel que vai ser demolido em Cascais ou lá o que é! As expectativas são altas. Começa às 15h e deve terminar perto da meia-noite. Do line-up apenas sei que vai actuar o DJ Alcides (que conheci este sábado), um dos DJs residentes do Mexe – um simpático bar alternativo no Bairro Alto. E do que tenho ouvido ele ainda vai ser grande!!
Bem isto tudo para vos dizer que provavelmente este domingo vou fazer parte deste rebanho. Espero não ser um balde de água fria já que não sou gajo que goste muito de fashion victims e sou muito pouco dado a fundamentalismos. Gosto de marcas porque gosto mas não gosto de ostentar. E também odeio aquela mania dos alternativos que tentam ser diferentes mas depois acabam por ser exactamente iguais aos outros diferentes...
Bem isto está a ficar complicado!!!

Ass: Gattaca

PS1 – No CD está a tocar os Deep Dish ao vivo em Moscovo. Uma palavra: FABULOSO

PS2– Os Thunderbirds ficam para outra ocasião...

Grão de amor

Vamos ouvir uma musiquinha... vamos:
"Grão de Amor"
Arnaldo Antunes e Marisa Monte

Me deixe sim
Mas só se for
Pra ir ali
E pra voltar

Me deixe sim
Meu grão de amor
Mas nunca deixe
De me amar

Agora as noites são tão longas
No escuro eu penso em te encontrar
Me deixe só
Até a hora de voltar

Me esqueça sim
Pra não sofrer
Pra não chorar
Pra não sentir

Me esqueça sim
Que eu quero ver
Você tentar
Sem conseguir

A cama agora está tão fria
Ainda sinto seu calor
Me esqueça sim
Mas nunca esqueça o meu amor

É só você que vem
No meu cantar meu bem
É só pensar que vem
Lá ra ra rá

Me cobre mil telefonemas
Depois me cubra de paixão
Me pegue bem
Misture alma e coração


Beijos
Ziggy

ESTE É O ZÉ CARLOS PEREIRA

Amigos, sim este é que é o Zé Carlos Pereira. Foi ele que eu vi, sem óculos, mas vi bem que era ele. E ele também estava a comprar uns óculozitos para os seus lindos olhos cansados. Porque ele está no 4º ano do curso de medicina, sabiam? ah pois é. e fala com aquela boquinha em biquinho... e pronto, e é lindo! Foi o Gattaca que arranjou a foto.

Beijos
Ziggy, a babar-se!

PS: acham que ele vai buscar os óculos hoje? será?